Buscar
  • Assessoria de Imprensa – SantosPress Comunicação I

Projeto Ondas celebra bons frutos colhidos em 15 anos de existência no Dia Mundial das ONGs

Data celebra entidades espalhadas ao redor do mundo e avalia essencialidade das ONGs para o desenvolvimento de um futuro melhor


O Dia Mundial das Organizações Não-Governamentais, criado pelo jovem filantropo letão Marcis Liors Skadmanis para celebrar, reconhecer e colaborar as diversas ONGs espalhadas pelo mundo com a missão de atender os mais necessitados, é comemorado em 27 de fevereiro e celebrado em 89 países e em seis continentes. Apenas em 2019, de acordo com o IBGE, as ONGs brasileiras corresponderam a uma movimentação de 32 bilhões de reais na economia nacional.


Um destes exemplos é o Projeto Ondas, que promove a inclusão social e o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, através do apoio escolar, prática do surfe e assistência psicossocial, completará em julho de 2022, 15 anos de suas atividades.


Criada e dirigida pelo surfista Jojó de Olivença, bicampeão brasileiro em 1988 e 1992, a ONG já beneficiou mais de 700 crianças e adolescentes, além de ter impactado indiretamente a vida de mais de 5 mil pessoas.


"O Projeto Ondas nasceu com o objetivo de servir como um porto-seguro para nossas crianças e adolescentes em vulnerabilidade social e para amenizar a violação de seus direitos. Para nós, é um privilégio muito grande, depois de 15 anos de existência, podermos colher bons resultados e esse é o nosso combustível. Nos move e nos dá a certeza de que estamos no caminho certo e que focando nas crianças e adolescentes teremos jovens saudáveis e cidadãos de bem", conta Jojó.


O Terceiro Setor, aliás, é essencial para o desenvolvimento das cidades e regiões e para o acolhimento de famílias mais necessitadas, como diz Marco Antônio Magalhães, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente de Guarujá.

"Neste período de Pandemia, as Organizações da Sociedade Civil foram e são o grande alicerce ao Governo, à Sociedade e principalmente aos mais necessitados, pelo altruísmo de seus colaboradores, pessoas abnegadas, que devotam suas vidas pela caridade e amor ao próximo.", diz Marco, que parabeniza o Projeto Ondas pelos 15 anos de existência.


"Organizações da Sociedade Civil como o Projeto Ondas são cruciais para o desenvolvimento e futuro da cidade, visto que privilegiam o trabalho educacional e social com os jovens. É animador ver este exemplar trabalho na defesa e promoção da vida humana", exalta.

15 visualizações1 comentário