O Projeto Ondas surgiu do sonho do surfista Jojó de Olivença — Jocélio de Jesus, nascido na cidade de Olivença, Bahia — Bicampeão Brasileiro de Surf (1988 e 1992).

Em 1998, ao deixar o Circuito Internacional de Surf, Jojó criou uma escola particular de surfe na Praia da Enseada, Guarujá - SP.  Logo ele notou crianças e adolescentes que viviam por ali catando latas na areia.  Conversando com elas, percebeu o quanto o olho brilhava ao olhar para a prancha, acompanhar alguém que entrada na água.  Esse brilho faltava quando falavam das suas vidas estreitadas pelo difícil contexto social e econômico em que viviam.

Jojó resolveu então que iria dedicar sua vida à missão de melhorar, da sua maneira, a vida dessas crianças e adolescentes.  Junto ao amigo e surfista Denis, passou a oferecer aulas gratuitas de surf para a turminha que não parava de crescer.  Entre uma onda e outra, conversavam sobre a vida, valores que inspiram boas jornadas e o respeito ao meio ambiente.

No ano de 2007, Jojó e sua família decidiram dar mais um passo: fundar a ONG Projeto Ondas.  

Conseguiram uma casa para receber as crianças no contraturno escolar e começaram a oferecer também suporte no aprendizado de português e matemática. Depois, veio a educação ambiental e as palestras sobre valores.  Aos poucos as famílias das crianças foram se aproximando, buscando orientações e ampliação de visão de mundo também.

Desde então, mais de 500 crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social já passaram pelo Ondas.  Muitas delas deram continuidade a seus estudos em universidades, estão empregados ou realizando atividades sociais que beneficiam e ajudam a transformar a realidade e o meio onde residem.